quinta-feira, julho 27, 2006

O MUNDO AO CONTRÁRIO

Ich bin ein Libanese!


"O MUNDO AO CONTRÁRIO"
2005
acrílico sobre tela
Foto: IM

os meus agradecimentos a Laerce que solicitou um post com uma tela minha, e a devida vénia a Alexandre Dias Pinto por escrever um artigo que eu gostaria de ter assinado.

18 comentários:

  1. Olá Isabel,
    tem tudo a ver, o título desta tela que conheço bem, com o que sa passa no Médio Oriente. Sim, o mundo nunca esteve mais ao contrário do que agora.

    Gosto desse fundo, gosto de tudo.
    Já recebi O Tal Jornal. Agora mesmo.

    Um beijinho

    nota: o blogger hoje 'tá louco, 'tou a escrever numa nesga da caixa de comments, uma palavra, uma linha.

    ResponderEliminar
  2. Olá laerce,

    .......... factos muito tristes, sim!

    Sei que já conheces a tela; tem sido tão divulgada, não é? mas pediste uma e achei esta indicada...

    'O Tal Jornal' viajou rápido... os CTT estão a funcionar bem. :)

    O blogger anda louco há semanas. Escrever numa nesga tb me aconteceu salvo erro ontem...
    hoje não aceitava escrita a cores; teimosamente só assumia 'preto'.

    Finalmente consegui contrariá-lo. :)

    bj.

    ResponderEliminar
  3. Obrigado pela alusão simpática e generosa ao meu post, Isabel. Felizmente não estamos sós no mundo na defesa daqueles que sofrem.

    ResponderEliminar
  4. Olá Alexandre;

    grata eu pelo que me foi dado ler.

    infelizmente podemos tão pouco em prol dos sofredores; a força das palavras pouco pode contra tantos interesses instalados.

    mas como disse o Poeta - "até que a voz nos doa"...!

    um []

    ResponderEliminar
  5. Olá Isabel,

    Uma tela belíssima, bem adequada ao tema!

    "... podemos tão pouco..."

    Permite-me discordar.
    Nós podemos TUDO.
    Sem nós o mundo é o quê? Uma coisa vazia e sem sentido.

    Essa é a consciência que nos falta.
    Os tais "... interesses instalados..." dependem de nós para existirem.
    Se um leader mandar embora todos os que lhe disserem "Não" como é que ele fica...? Think about...

    Basta-nos dizer "NÃO!"... todos em coro. :)

    bjs,

    ResponderEliminar
  6. Olá J.A. bom dia! :)))

    ............ eu entendo o teu desacordo!

    mas quando digo 'podemos tão pouco' é apenas consciente de que não há coro...

    não há essa unanimidade necessária...por interesse, por desinteresse, por apatia, por desconhecimento, por... milhentas razões!

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Olá Isabel,

    Claro que não há essa sintonia entre todos nós, por todas essas razões que apontas e mais algumas. Estou consciente disso.

    O que me custa é mesmo ver que as pessoas não têm a mínima noção da sua própria liberdade individual e, em função desta, da força quase infinita que têm.

    Repara que se alguém te quiser impor uma vontade e obrigar a algo e disseres que "não", podem fazer-te tudo, que é sempre "não". Até às últimas consequências, claro... :(

    Ou seja, se tiveres consciência da tua liberdade, ninguém te pode nunca obrigar a nada.
    Então porque é que aceitamos tantas obrigações...?
    Pois...!!
    Acho que é só porque é cómodo e dá menos chatices. :)

    bjs,

    ResponderEliminar
  8. eu sou pela paz e contra o desacerto do mundo...e não lhe vejo concerto, não vejo não.

    um beijo, Isabel.

    (a tua tela, também já lhe conheço os meandros :) )

    ResponderEliminar
  9. J.A.;

    ............. de acordo, mas achas que temos "voz" - leia-se força - para derrubar os poderes instalados?

    nem derrubamos os 'pequeninos poderes instalados neste pequeníssimo país...!

    essa é a verdade, por mais triste que seja!

    Um abraço para ti.

    ResponderEliminar
  10. Olá Musa;

    .......... claro, pela Paz, SEMPRE! e sem cair em péssimismos, tb não vejo nada de bom...

    (a tela... um pedido da nossa amiga e a oportunidade do título!:) )

    um beijinho.

    ResponderEliminar
  11. Ich Bin eine Lisboeta.
    E tu, pintas muito bem!
    Bjos

    ResponderEliminar
  12. Beirute dita a Paris do médio.oriente não merecia o que está a acontecer....



    conheço tão bem aqule parte do mundo que me doi...

    mas o Líbano merece esta tela.


    adoro.te.

    ResponderEliminar
  13. Lusitana Paixão;

    Eu tb sou Lisboeta, alfacinha e tudo o que isso implica no amor pela minha cidade que conheço bem tb por ex motivos profissionais. :)

    Segui o teu link e não te encontrei... queria deixar uma palavra de agradecimento no teu 'sítio'...

    assim ele fica aqui, pelas palavras que me ofereceste.

    esta tela - de que muito gosto - já não me pertence... mas tive a oportunidade de a rever, recentemente, e gostava de a poder partilhar em todo o seu pormenor... em tudo o que encerra e se perde na imagem. :)

    Um bj para ti tb. :)

    ResponderEliminar
  14. doladodomar,



    ............ obrigada! :)

    tb te adoro e deixo um bj.

    ResponderEliminar
  15. Estava curioso em conhecer a tua obra. Depois de olhar para este quadro fiquei com a tal sensação de Vu Jà Dé... ;>)

    Acho que te já te "vi" em qualquer lado, mas não me lembro onde. Oeiras Parque? Amoreiras? CascaiShopping? Por aí...

    *****

    ResponderEliminar
  16. e por aqui sentada assistia a uma tentativa de mundo melhor, decididamente perco-me nestes tons.

    [por lá divago, somente :)]

    beijinhos Bom fim semana

    ResponderEliminar
  17. ........ estes tons tb me alegram a alma!

    (a tela já não me pertence, é esporadicamente que a revejo e acho-a sempre mais bonita que a foto.) rs rs

    obrigada, inbluesy...

    bj e um bom resto de domingo.

    ResponderEliminar
  18. FZ;

    falhou a resposta. desculpa, sim?

    Cascais shopping, não. :)
    Amoreiras, Saldanha, Colombo, Oeiras, Caxias, Carnaxide... por aí! :)))

    abraço.
    I.

    ResponderEliminar