segunda-feira, janeiro 17, 2005

TSUGARU-SHAMISEN

O Tsugaru-Shamisen especialmente desenvolvido na região de Tsugaru, a norte do arquipélago japonês, é uma das versões do shamisen, um instrumento tradicional japonês de 3 cordas semelhante ao alaúde. Em comparação com outros instrumentos do género o corpo deste tipo de shamisen é maior e a forma de dedilhar as três cordas com a ajuda de um plectro é muito característica. Dada a semelhança deste instrumento com outros existentes na China, pensa-se que terá sido introduzido no Japão por esse mesmo país não excluindo também as suas possíveis raízes na Turquia ou mesmo na Hungria. Através destes dois últimos países o instrumento teria sido transportado ao longo da Rota da Seda, inclusivamente para países como o Japão.
O Tsugaru-Shamisen é amplamente conhecido pelo seu estilo livre e improvisado no dedilhar das cordas, característica rara nos instrumentos tradicionais japoneses. A grande capacidade de criar uma variedade de timbres e a adaptação aos diferentes estilos musicais conferem-lhe um estatuto de instrumento altamente atractivo e único.
Nota: Informação constante do programa.

19 comentários:

  1. meu comentário não tem nada a ver com o tsugaru, mas sobre o seu blogger, gostei muito das telas e dos textos, gostaria de saber mais coisas sobre você se quiser se corresponder lageplinio@ig.com.br .
    estou no brasil.

    beijos tchau

    ResponderEliminar
  2. Agora minha Amiga, só falta pores esses sons aqui para nós ouvirmos um pouco. Eu, pelo menos fiquei com vontade de ouvir.

    ResponderEliminar
  3. A Rota da Seda muita coisa trouxe e levou, também! Tão interessante, Isabel. Deve ser um instrumento belo ao olhar e belo no ouvir!
    Obrigada por teres partilhado esse saber oriental connosco :))).
    beijinhos, querida amiga.

    ResponderEliminar
  4. Caro Bandido! :)))

    Obrigada pela sua visita e pelos comentários ácerca do meu trabalho. Volte sempre... fico á espera! :)

    ResponderEliminar
  5. Olá "Gaivota"! :)))

    Antes do espectáculo falámos imenso de ti - fui com o Paulo e a Magda - por isso também estiveste presente pela via do coração.

    Manda-me o teu endereço completo para o e-mail para te oferecer o cd do concerto - ideia da Magda ao ler o teu comentário. :)))

    beijinhos da I.

    ResponderEliminar
  6. Querida Musa;

    É realmente um belo instrumento. No braço, no local onde se apertam e afinam as cordas, parece uma libelinha gigante. :) E os sons que dele se tiram são quase mágicos. De salientar que o concerto contava também com uma voz, um teclista e um percussionista de tambor japonês - que no caso em questão eram quatro tambores.

    Confesso que foi uma agradável surpresa ouvir estes instrumentos executarem ritmos como tango e valsa além de peças de folklore do Japão.

    Muitos beijinhos da I.

    ResponderEliminar
  7. Cara Isabel,
    O Fernão tem razão.
    Que pena não podermos ouvir os sons!...
    Entretanto gostaria de dar conhecimento, de um ilustre Lusitano que está a fazer uma viagem por Terra desde Braga,até ao Oriente.
    Poderemos entrar em contacto com ele, além de participar na sua aventura através do site: www.fmgomes.com
    Saudações,
    ;)))

    ResponderEliminar
  8. Claro que esta sugestiva descrição faz-nos desejar ouvir os sons e conhecer o instrumento! Vou procurar na net! Boa noite, Isabel!

    ResponderEliminar
  9. Cara Musqueteira;

    É realmente pena não poder partilhar o som do tsugaru pois o meu portátil há muito que não tem som. No entanto, aguardo que o Paulo Ventura do "Live at Portugal" me diga se o pode incluir no blog para que todos os interessados possam ouvir.

    Quero também agradecer-lhe a informação sobre a viagem do F M Gomes. Não deixarei de visitar a págima e assim participar de algo tão extraordinário.

    Saudações! :)))

    ResponderEliminar
  10. Olá, Francisco! Viva!

    Pois, além de ter um portátil sem som também não comprei o cd do concerto... mas sei quem comprou! :)))

    Entretanto, aguardo que o Paulo Ventura me responda e depois informo para que os possíveis interesados satisfaçam a curiosidade.

    E como vai a Arte da Fotografia? Muitas coisas lindas? :)))

    Beijinhos e obrigada pela visita.

    ResponderEliminar
  11. Olá Isabel :)
    Para um tocador de Guitarra Portuguesa como eu, a curiosidade sobre os sons que saem desse instrumento é mais do que muita.
    Além da côr, julgo que ando também (e desculpa o plágio) em busca do som da vida... :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  12. Meu querido amigo Nódoa;

    Be my guest! O plágio, dizem, é também uma forma de elogio. :)))

    ***** da I.

    ResponderEliminar
  13. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  14. Informação

    Podem aceder a uma "Live Information" do autor em questão e do instrumento no GOOGLE em

    www.Agatsuma Hiromitsu.

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  16. Quando ouço os japoneses (e chineses) tocar, parece-me sempre igual a música. Vaidade minha, quando digo que tenho bom ouvido. Eles demonstram-me o contrário.
    Obrigado pela informação, Isabel. Beijinhos :-)

    ResponderEliminar
  17. Olá, Bird, bom dia! :)))

    Também fui ao Concerto com algumas ideias pré-concebidas e que eram fruto de desconhecimento do assunto. Não sabia nada do tsugaru nem da sua versatilidade e assim, o espectáculo, foi uma agradável surpresa. :)

    Bjinhos.

    ResponderEliminar
  18. Encontrei este cantinho no meu passear errante e por aqui me quedei. Em boa hora o fiz.

    ResponderEliminar
  19. Olá Alexandre Sousa:

    Obrigada pela sua visita que espero seja a primeira de muitas. :)

    ResponderEliminar