quarta-feira, setembro 07, 2005

JÚLIO POMAR

Mai 68, 1968
acrílico sobre tela
130 x 162 cms

Col. Jorge de Brito, Lisboa

17 comentários:

  1. Sabe, Isabel, eu sou artista plástica. Já voltei aqui para rever sua 'Construção' trocentas vezes. Puxa, é belo, belo! Vou deixar meu site pra vc visitar tá?
    www.bethalmeida.com.br

    ResponderEliminar
  2. Olá Beth/Georgia, :)

    Obrigada mais uma vez pela sua visita e respectivo comentário. É bom saber que tb é artista plástica. :)

    Já passei no 'Ponto Gê' e deixei um comentário 'bem gostoso' de 'carangueja para carangueja'! :)

    Espero que tenha gostado.

    Um abraço de Portugal.

    ResponderEliminar
  3. Realmente este blog deveria chamar-se Caranguejola... pois são às resmas de carangueijos que por aqui andam....e ainda bem....

    Julio Pomar não está mal... mas Isabel Magalhães é o que tá a dar...palavra de Mocho...do signo carangueijo claro!

    PS: Tu não me digas que ainda não consegues por o blog a cantar pá!!!!

    queres ver que tenho de ir aí??

    ResponderEliminar
  4. Querido Mocho,

    tu és um 'amor'... ou não fosses tu 'caranguejo'! :)

    'Much to my regret' ainda não tenho música...

    Ah! e estava a ver que nunca mais te oferecias! ahahahah!

    Beijinhos muito descarados! :)

    ResponderEliminar
  5. Querido Mocho,

    and 'last but not the least' olha que essa do:

    "Julio Pomar não está mal... mas Isabel Magalhães é o que tá a dar..."

    é de atirar com o ego de qualquer um ou uma ainda mais para cima que um 56º andar! :)))

    Tá bem, sei que são os olhos da amizade, mas fico feliz na mesma! :)

    Beijinhos, meu amigo. :)

    ResponderEliminar
  6. gosto muito... mas não percebo patavina :(

    tenho uma irmã de 11 anos que adora desenhar. ela tem um blog onde publica os desenhitos dela, se puderes passa lá:
    http://desenhar.tk

    ResponderEliminar
  7. Isabel,

    Interessante o nome do quadro. Que vemos no negro, são canos de armas, o vermelho... Será?


    Um beijinho

    ResponderEliminar
  8. as primeiras obras de Pomar...mas gosto dele como retratista...

    beijinho, Isabel :)

    ResponderEliminar
  9. Socorro tenho a minha gata a tentar desesperademente entrar pelo ecrã a dentro como se quisesse ficar "postada" no teu blog!!!!

    É que no tempo Júlio Pomar
    Não havia tanto ronronar!!!

    PS: quando quiseres a ajuda diz!

    ResponderEliminar
  10. Laerce,

    Maio de 1968... tropa de choque, capacetes, escudos e bastões. O vermelho, cor do fundo, deve ter sido propositado. Se encontrar qq alusão, voltarei ao assunto. :)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  11. Querida rsd,

    Não é necessário perceber... basta gostar! :)

    Quanto à artista 'little sister' terei o maior prazer em lá ir dar toda a força pela iniciativa. Vou juntar o blog dela aos meus favoritos. :)

    Beijinhos às duas.

    ResponderEliminar
  12. Querida Musa,

    eu gosto do Pomar, seja qual for a época da sua pintura. Hei-de postar aqui mais trabalhos dele...

    Beijinhos, amiga das letras. :)

    ResponderEliminar
  13. Caro Mocho,

    vou enviar-te um e-mail...

    o template está tal e qual como tu disseste; penso que falta qq coisa antes disso.

    Beijinhos a dividir com as três meninas da casa. :)

    ResponderEliminar
  14. Ô Isabel, não é do ponto gê que estou falando. É desse aqui ó >
    www.bethalmeida.com.br

    ResponderEliminar
  15. Olá Georgia,

    Obrigada pela referência. Já lá estive a apreciar o seu trabalho e as suas instalações. Na verdade, visitei todo o site; pena não haver 'Livro de Visitas' pois gostaria de ter deixado uma mensagem de apreço.

    Curiosamente, talvez tenha a ver com o signo ou talvez não, eu também tenho o que chamo 'a minha costela barroca' bem visivel nalguns dos trabalhos que faço, e até noutros, em que isso não seria de esperar, como a série 'Natura'.

    Mais uma vez muito obrigada pelo convite. É sempre bom visitar espaços de arte. :)

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  16. Viva Helena,

    bem-vinda ao clube dos que gostam dos trabalhos do POMAR. :)

    Um []

    ResponderEliminar