sexta-feira, setembro 23, 2005

NICOLAS DE STAËL




De Staël
Figures au bord de la mer, 1952
Huille, 161 x 128 cms

Kunstsammlung Nordhrein-Westfalen, Düsseldorf

10 comentários:

  1. E quando menos se espera eis que uma caracolinha saí da sua casquinha para reivindicar as beijocas atrasadas por falta de stock !!!!

    Olá minha querida e linda amiga, aqui estou eu de volta às lides blogoesféricas ... também estava com imensas saudades vossas mas esta pausa fez-me maravilhas !!!!

    Foi mais longa do que aquilo que eu esperava mas foi deliciosamente gratificante !!!!

    E pronto, lá regressam os comentários tipo testamento ... que eu sou sempre muito comedida a escrever !!!!

    Lindos os post's que tens feito, para não variar .... lindo este quadro, lindos os teus !!!!

    E quando eu pensava que neste blog já se ouvia música ... eis que me invade o som do vazio... shall we go on with it ???? shall we try to put some music on ???? Já sabes que quando precisares de ajuda é só chamares !!!!

    Uma beijoca do tamanho do mundo para ti, carregadinha de amizade, muito encaracolada e pintada de laranja !!!! ~:o)

    ResponderEliminar
  2. Caro Valter,

    é sim, de facto, uma belíssima pintura, com a força inerente às pinturas do autor. :)

    ResponderEliminar
  3. Caracolinha,

    que surpresa...! já tardavas! :)

    A música, segue dentro de momentos, mais concretamente depois de 10 de outº quando eu regressar à base, mas aqui ficam os meus agradecimentos pela disponibilidade.

    Beijinhos grandes... e lisos. :)

    ResponderEliminar
  4. Não pinto, porque não é minha linguagem :)
    Fotografo. Se me permitires mailar-te-ei algumas fotos.

    ResponderEliminar
  5. Bela pintura! Uma subversão total das cores associadas à beira-mar. Gostei muito. Beijos

    ResponderEliminar
  6. Ora aqui tou eu a comentar a estas horas da madrugada...não deu antes porque ando numa de "Querido mudei-te a casa".

    Não conheço o artista...não faço ideia quem é, e não conhelo Dusseldorf, prontos já disse.

    Só sei que tenho saudades das tuas valentes bicadas...volta depressa pode ser?

    Cumprimentos à Tia Zambujo

    :-D

    ResponderEliminar
  7. Caro Valter,

    fico à espera...

    manda poucas de cada vez para não 'lotar'. :)

    ResponderEliminar
  8. Agua_quente,

    não sei se subverteu se viu mais do que os que distraidamente passam sem olhar e decidem que o mar é azul e as árvores são verdes.:)

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  9. Mochinho,

    apesar de muito ausente tenho passado pelo teu ninho... fui lá falar de cinema...

    No meu arquivo do mês de novº 2004 há 2 ou 3 telas do De Staël.
    Nasceu na Rússia, fugiu com a família para a Polónia e depois da morte do pai, foi adoptado e viveu em França.

    Criou uma técnica muito própria - não tenho registos da época de outros que pintassem assim. Da pintura dele digo 'EXCELENTE'. :)

    Obgda pela visita.

    Bjinho.

    ResponderEliminar