terça-feira, junho 13, 2006


santo antónio de lisboa


o santo do menino










a todos os antónios... neste dia do santo que foi homem!


Foto IM.

16 comentários:

  1. Pois, pois, com trovoada e muita chuvinha...!

    ResponderEliminar
  2. Onde, Isabel?

    Aqui, no norte! Chuvadas que a terra ressequida agradece. E trovoada...nada que não estivesse anunciado há muito, mas que custava a aparecer.

    Santo António é o primeiro!

    Um beijinho e bom feriado!

    ResponderEliminar
  3. ainda bem que tu e eu estamos cá em baixo.....:)


    onde onde? :)

    ah os antónios....bom...cheios de sorte....aqui. homenageados por ti.


    até logo.

    ResponderEliminar
  4. Laerce,

    arredada que tenho andado da tv só ao meio da tarde soube do que aconteceu pelo norte...

    aqui... dava-me jeito uma chuva bem-fazeja... que assentasse a poeira e tornasse o ar mais respirável. :)

    espero que no teu sítio não tenha havido enxurrada.:)

    bj.

    ResponderEliminar
  5. doladodomar,

    pois... ainda bem, a avaliar pelo que vi.

    qto ao santo... é o 'meu' santo... por uma questão de fé e de coração! :)

    un bisou. :)

    ResponderEliminar
  6. Olha o meu sto. Antoninho!!

    António e alfacinha, que outro santo podia eu ter?

    "Santo do menino"?
    Lembrou-me uma: ao menino e ao borracho põe Deus a mão por baixo. :)

    bjs,

    ResponderEliminar
  7. oláááá

    não sou António mas é o meu Santo de eleição.

    Beijocas com cheiro a manjerico

    ResponderEliminar
  8. Olá António... Alfacinha;

    conheces a imagem do Santo António Cansado?

    a que está na capela do Páteo Alfacinha, na Ajuda/Lisboa, assim denominada porque traz o Menino pela mão? :)

    bj.

    ResponderEliminar
  9. (há espaço para um pouco de história?)

    Nestas paragens lusitanas, quando os Deuses cá moravam, celebrávamos por esta altura as Festas da Vida, ou a Festa do Sol. O auge era o solstício de verão, dia de bons augúrios para a leitura dos oráculos, o culminar da época, onde os pares se juntavam e festejavam pela noite dentro.

    Havia todo um preparar. A fogueira acendia-se doze dias antes onde as festas começavam. Alimentada durante doze noites até à décima terceira onde os Deuses seriam convidados a partilharem a noite com os celebrantes.

    Em seguida, bebida e comida era partilhada de mão em mão, os pares reuniam-se; saltava-se a fogueira e a orvalhada escondia os pares por entre a erva onde palavras de amor eram proferidas.

    Com o passar dos tempos restou-nos o Santo António a 12 de Junho (a primeira noite onde se acende a fogueira) e São João a 24 de Junho, a noite oracular.
    ....

    ResponderEliminar
  10. Olá Mocho 'António' Falante;

    sei que não és mas 'ficava-te' bem... :)

    além de que uns são-no de nome e outros do coração.

    qto aos mangericos... este ano ainda não os 'cheirei'... mas a 20 euros cada perde-se logo o olfacto...

    by the way... queres entrar numa sociedade de plantação de mangericos? assim do tipo 'tu plantas e eu empocho'? :)))

    Beijos com arco e balão! :)

    ResponderEliminar
  11. Viva Teresa;

    há sempre lugar para História e histórias... e os agradecimentos são meus...

    além do facto do meu grande interesse em conhecer os ritos pagãos que se misturaram com os ritos cristãos de que vive a nossa 'portugalidade'! :)

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  12. Olá Isabel,

    Não conheço o referido santo. Nem me recordo se alguma vez o vi.

    Mas conheço um António que às vezes anda 'cansadito'... :)

    Vou investigar essa imagem. Obrigado pela dica.

    bjs,

    ResponderEliminar
  13. Olá J.A.;

    é uma imagem linda - eu gosto de arte sacra...

    é a única magem do Santo com o Menino pela mão, daí a denominação 'Santo António Cansado'.

    (as coisas que se aprendem pelos caminhos do 'Turismo') :)

    Um []

    ResponderEliminar
  14. Nasceu Fernando de Bulhões e adoptou o nome António quando professou. Diz-se que é Santo de Lisboa porque foi a terra que o viu nascer e fazer o primeiro milagre (ainda visível na porta da Sé). Mas "ai" de quem vá a Pádua com esses argumentos! ;)
    Beijinho e bons Santos Populares!

    ResponderEliminar
  15. Olá Sombra;

    Em Roma tb o apresentam como Santo António de Pádua, e até tive uma 'longa' conversa com o guia a esse respeito - em italiano para não ser mal entendida! :)))

    Em 2004 e 2005 no dia 13 de Junho postei um pequeno artigo sobre a vida do Santo.

    Deixo-lhe um beijinho.

    ResponderEliminar