terça-feira, novembro 08, 2005

JANELA NO INVERNO

ISABEL MAGALHÃES

JANELA NO INVERNO
1998
70 x 50 cms
Acrílico s/Tela
(Col. autora)

24 comentários:

  1. porque será que o Inverno transmite sempre tristeza???

    beijinho

    ResponderEliminar
  2. ahhhh já tinha saudades de uma bela tela tua!!!!!

    é linda, adorei

    Beijocas gordas

    ResponderEliminar
  3. Isabel

    Dá vontade de abrir a janela e espreitar. O que estará para além da cortina/nevoeiro?

    Ainda está em teu poder este trabalho?

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  4. Olá Isabel,

    nem sempre... nem sempre! Há dias de inverno tão bonitos, em que o sol brilha e que mesmo com temperaturas mais baixas são tão agradáveis. :)

    O suceder das estações é, para mim, também uma forma de quebrar a rotina. :)

    Outro beijinho.

    ResponderEliminar
  5. Amigo Mocho,

    Um dia destes o stock chega ao fim mas ainda vai dar para umas semanas...

    Tenho que pensar o destino a dar ao blog! :)

    Obrigada pelas palavras que sempre deixas.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  6. Olá Laerce,

    Para lá da cortina deve haver neve...! :)

    Esta tela vive cá em casa; foi pintada antes de eu começar a expor e faz parte da minha colecção. Por lapso omiti esse pormenor. Desculpa, sim? :)

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Fantástica! Dá vontade de ficar a olhar por ela horas a fio. :-)

    ResponderEliminar
  8. Viva, Velvet!

    Há quanto tempo! :)

    Esta tela não retrata a forma como eu vivo as janelas. As minhas têm sempre as cortinas abertas para deixar entrar a luz, o sol, e até a noite.

    Obrigada pela visita.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  9. Olá Maria do Ceú;

    por aqui vive-se mais o abstracto, não é? Mas por vezes acontecem outras coisas. :)

    Obrigada pelo comentário.

    ResponderEliminar
  10. Olá!!!!!!!!!!!!!

    Gosto da tela,muito.
    Agora do Inverno é que é mais dificil..
    Vou tentando apreciar o que há de bom na estação fria!

    Beijinho gordo da Vespinha

    ResponderEliminar
  11. Olá Isabel.

    Estava a passear pelos blogs habituais e parei por aqui. Já não vinha cá há uns tempos.

    O que me pergunto é: porque será que quase toda a gente associa o inverno à tristeza?
    É uma estação tão bela e rica de conteúdos, nomeadamente estéticos!
    É um dos períodos do ano em que mais me dedico à fotografia, p.ex.
    Adoro o 'mau' tempo, os temporais enchem-me o espírito, a intempérie faz-me sentir vivo. Se há coisa que gosto de fazer é caminhar à chuva, sem guarda-chuva, até ficar completamente ensopado. :)
    Enfim, sensibilidades.

    Abraço,

    ResponderEliminar
  12. Gosto imenso de janelas, vistas de dentro ou de fora. Tenho sempre vontade de inventar um história sobre o que veria se a abrisse! :)
    Bela tela!
    Beijos

    ResponderEliminar
  13. doi. de tão espessa. a tua janela. de inverno. beijos

    ResponderEliminar
  14. Se da tua janela visses flocos de neve, quiçá a imagem seria menos nostalgica;) Bom fds

    ResponderEliminar
  15. Vespinha,

    eu sei... há quem viva mal com o frio! :)
    No verão é tudo mais fácil, até para os pobres.

    A tela... pois, tu sabes que 'ao vivo' é mais bonita, não é? :)

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  16. Olá José António,

    ainda bem que se deteve aqui; é sempre um prazer trocar umas letras consigo.

    Eu sou das que também gostam do inverno, não só dos dias frios com sol, como escrevi acima, mas igualmente dos dias e noites de temporal - acho que uma boa trovoada tem qualquer coisa de mágico... - e partilho consigo esse gosto de andar à chuva, sem guarda-chuva, a passear os cães.
    São as tais sensibilidade, como muito bem diz. Sensibilidades de 'Pisces'! :)

    Um [] e obrigada pela visita.

    ResponderEliminar
  17. Olá agua_quente,

    fico então à espera desse post com uma história vista a partir da minha janela. :)

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  18. Viva gato_escaldado,

    Será a janela ou a cortina que é espessa? :)

    Obrigada pelas palavras.

    Um bj.

    ResponderEliminar
  19. Fernão,

    da janela da minha tela podemos ver tudo o que a imaginação deixar! :)

    A nostalgia e outros estados de espírito, indicam-nos que estamos vivos.

    E a vida por aí? Há novos projectos em embrião?

    Um abraço com muita amizade.

    ResponderEliminar
  20. Olá Isabel,

    Então não se pode abrir a janela se é mesmo neve o que está para além...por isso já faz falta outra tela tua aqui, um texto...uma fotografia...uma crítica...uma informação....o que quiseres.


    Um beijinho e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  21. Olá Laerce,

    vieste fazer nova visita e eu não tinha novidades para te oferecer... :)

    Acabei de chegar do Teatro Villaret; fui ver "O Chato", uma comédia sem intervalo que proporciona boa disposição.

    Beijinho e bom fim de semana também.

    ResponderEliminar