quinta-feira, novembro 16, 2006

MESTRES


Mestres-pintores há que permanecem na penumbra. Vão animando o ambiente com as cores e formas de uma plástica adaptada às superfícies dos objectos onde pintam. A sua arte é o mobiliário alentejano azul, branco, vermelho, com flores. São as proas e as rés dos barcos de alguns rios ou das bateiras e motoras de ir ao mar, onde, além dos símbolos da posse, aparecem símbolos inspirados nas crenças ou nos meandros da imaginação - ora desenvolta ora conformada aos estereótipos massivamente difundidos.
São ainda as pinturas de alminhas, registos de santos e ex-votos ou pagamento de promessas, que, aos poucos, vão sendo abandonados pelos quadros de referências iconográficas das populações. E são, finalmente, no sul do país e da lha de São Miguel, as pinturas dos taipais e canudos de carros e carroças, que vão sobrevivendo à motorização.

Artistas da penumbra e do esquecimento, o que pensam e o que sentem quando exercem o seu mister? Perguntei ao mestre lá do fundo porque pintava aquele vermelho cor-de-terra, escurão, ao pé da borda branca. Respondeu que seguia o que já estava feito de antigamente. Que era assim. Mas, que por ele, pintaria tudo de branco com uma risca amarela em cima. Eram as cores de que gostava, e qualquer dia pintava-as. Só para ver se a mudança pegava.

Foto: Sesimbra 1973

in Nós, Portugueses
HELDER PACHECO

29 comentários:

  1. "Oh que difícil não é criar um homem para deus"
    -Ruy Belo ,in "todos os poemas"

    e todos os poemas são escritos na linguagem dos sinais preservados na memória dos povos

    e mais um post com sabor a alecrim apanhado ,ontem de manhã ,na melhor tradição ... portuguesa

    um beijo!

    ResponderEliminar
  2. soube.me bem ,muito bem ,ser ,por momentos ,o(a) senhor(a) dono(a) deste quintal

    e ter podido pular a cerca à minha vontade!!!!!

    bêjes

    ResponderEliminar
  3. Tal como a D.Rosa do post anterior, estes homens artistas da terra e da vida, dão-nos autênticas licções de raizes, de técnica e saber.

    Saudações infernais!

    ResponderEliminar
  4. Fantástica, esta sua sequência. Boa noite.

    ResponderEliminar
  5. Isabel,

    Não tive oportunidade de ler os textos que aqui deixas. O tema agrada-me de mais. Terás por aí algo relacionado com minas? de carvão?


    Um beijinho

    ResponderEliminar
  6. "Artistas da penumbra e do esquecimento..."

    ________________
    ________________



    beijo.

    ResponderEliminar
  7. Penas que as nossas ancestrais tradições náuticas se percam a cada dia que passa...

    ResponderEliminar
  8. Penso que ainda se vêem mas já é tão raro..

    Mestres.. de cantaria existem no Minho, tentam recuperar tradições. Pintores não sei.

    Boa noite

    ResponderEliminar
  9. Não é só um problema que diga respeito às mulheres.Bom dia.

    Bjinho.

    ResponderEliminar
  10. ..porque viver a vida exige arte...
    FORÇ'AÍ!
    js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  11. hoje sossegou (por enquanto...) :))

    comecei a manhã a falar com o professor da filha. O início do diálogo não foi prometedor. Necessitei de fazer pressão :((( não gosto nada disto mas quando estão os meus filhos em causa, que nem se lembrem de brincar comigo.

    Ao fim de uma hora acabou em bem.

    Ouviu-me. Valha-nos isso.

    bom dia!

    ResponderEliminar
  12. beijo. tb.




    _______________


    porque no silêncio só se ouve o que vale a pena....
    :)))))

    ________________



    por exemplo, a tua voz.

    ResponderEliminar
  13. Comadre Berbere;

    (Presumo que já esteja com os auscultadores da tradução nas orelhas)

    Pois fez muito bem em citar Ruy Belo, um dos meus Poetas, e falar em alecrim. É que eu tenho um vasinho com a planta, na varanda, mas apanho-a a qq hora quando vou fazer a janta.

    Ah! e tb não é preciso pular a cerca que a porta é grande e está sempre aberta.

    É como diz o outro: "mi casa es su casa"!

    Espero que a camelagem esteja de boa saúde que os meus quatro patas tb vão andando bem.

    Tenha a comadre um bom fim de semana e que Alah esteja consigo.

    Bj.
    _______________________

    Laerce;

    procurei mas não tenho nada sobre minas de carvão. desculpa, sim? :)

    Bjinho.
    _________________________

    Belzebu, amadisdegaula, pianola, TD, Capitão Mor, pintorinbeiro, js,

    obrigada pela visita.

    ________________________

    Doce Escritora;

    .......... grande verdade! :)

    bjs. mil.
    ________________________


    Tenham um bom fim de semana.

    [[]] *** e :)))

    ResponderEliminar
  14. Bonito :-)
    Viva os pintores desconhecidos!

    Beijinho de bom fds ;-)

    ResponderEliminar
  15. vê ,Miladi!
    é sou bruxe ,mas mecêa ,per favore ,nã m'atrate por cumadre ,qu'é marafe.me ... é sou cumpadre berbere ,al.Jib de mê nome ... pr'a su santa alminha nã me mude o sexe

    dexe.lhe um bêje melhade da chuva
    e uma festa da lombada d'os sés canites

    ResponderEliminar
  16. Bom dia Sulista;

    Bom fim de semana e um beijinho.

    ResponderEliminar
  17. Ó CUMPADRE Berbere;

    atão como é qu'ê fora fazere uma confusão tamanha??? agora estou aqui com uma avergonha do tamanhe do deserte... e o cumpadre todo amarafade.

    com tante deserte, tanta areia, a nha camineta nã aguentou tanta carga de conhecimentos novos...

    óspôs os artistas são assim a modos que distraides, mêmo cabeça no ar, e olhe CUMPADRE Berbere que isto aqui só para agenti, são coisas da minha idade que já vou fazendo confusão cas semânticas.

    Mais uma vez quera desculparmi, sim? devo ater fêto uma qualqueri confusão com a foto por causa dos trapes co cumpadre trazia vestides e vai daí troquê-lhe o sexe... mas o cumpadre pode crer que tem o meu garante de que tal não volta a aconteceri.

    Mais uma vez ADESCULPEMI!

    Tenha o cumpadre um bom fim de semana quê agora vou-me à vida.

    Um bêge e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  18. Sem dúvida.

    Adorei este texto.

    Bfds
    Bjs

    ResponderEliminar
  19. prantes ,Miladi!
    mecêa tá desculpada
    e vá.se lá pôre benita ( que mecêa nã precisa ) mas agente sempre s'agosta de vere c'as guedelhas tesquiadas

    bêjes e bom fim de semana p'ra vosse mecê e más os sês canites

    ResponderEliminar
  20. Artistas ignorados que pintam de alegria o nosso quotidiano.
    Beijo e bom domingo!

    ResponderEliminar
  21. Feliz homenagem aos trabalhadores e artistas portugueses, tantas vezes esquecidos.

    ResponderEliminar
  22. ...estes recebem no final do mês! os outros... os outros...;)as azulinhas das tais;)

    ResponderEliminar
  23. Até este o disse: Não venho trazer Paz, mas a Espada!
    Boa tarde e um abraço.

    ResponderEliminar
  24. Os professores não querem trabalhar.LOLOLOL!!
    Boa tarde.

    ResponderEliminar
  25. o b r i g a d a.....
    _______
    :))))
    _______


    (não me "xateou"....serviu como "motor de arranque")
    _______


    beijo-te.

    água marinha!

    ResponderEliminar
  26. vai para aqui uma confusão...

    bom fds!

    ResponderEliminar
  27. Gostei muito de os ver por cá! :)))

    Tenham uma boa noite.

    [[]] *** :)))

    ResponderEliminar