quarta-feira, outubro 06, 2004

SETENTRIÃO


Setentrião

1999
100 X 60 cms
Acrílico sobre tela
Isabel Magalhães

Col. Particular


"Os Pontos Imaginários"
1ª Colectiva de Pintura da JFLaV
Fundação Marquês de Pombal
Janeiro 1999

12 comentários:

  1. Do teu espaço há que reter o essencial: é um magnifico espaço cultural.
    Dá vontade de sentar, trazer um café e ficar em alegre tertúlia.
    Um beijo Isabel.

    ResponderEliminar
  2. Gosto muito desta tela, Isabel! Faz-me lembrar a criação do Universo, o caos organizado, a busca da perfeição... :)

    ResponderEliminar
  3. LetrasAoAcaso;

    Eu gosto de tertúlias (alegres) e café! :)))
    Outro beijo para agradecer.

    ResponderEliminar
  4. MRob;
    É reconfortante saber que o que transmito à tela chega a alguém. Pena a foto não mostrar a textura da tinta branca. :)

    ResponderEliminar
  5. Primeiro temos o Azul..palavras para quê?
    Depois temos o branco, quem emfaz lembrar a Serra da Estrela, à luz de uma fogueira, aquecido pelo carinho de alguem...

    ResponderEliminar
  6. Olá Fernão! :)))
    Pois, o azul... o azul! :)))
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. No fundo do oceano, quis ver a luz. Afastei as águas, e espreitei lá fora. O vento balançava as árvores de limos feitas, as nuvens brancas deixando-se aprisionar nas redes de conchas enfeitadas. E o céu, líquido azul, metade das águas, susteve o movimento de ondas brandas na clara manhã da descoberta.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  8. Musalia, minha amiga;

    Apetece-me parafrasear!
    "Continua a escrever até que a voz te doa"! :)
    Como é que posso agradecer o que aqui me deixas?
    Beijinhos. Noite feliz!

    ResponderEliminar
  9. Às vezes a beleza deixa-me sem palavras; E este quadro...
    A intensidade da cor e da luz, q é algo q me agrada imenso nos teus quadros, a força de duas águas, uma serena, outra vibrante e a irromper fazem um contraste pperfeito.
    Um bom amanhecer para ti : )*

    ResponderEliminar
  10. Vague, minha amiga Vague! :)
    Esses teus votos - tão matutinos - velam pelo meu sono, o meu sono a essa hora ainda profundo!
    Não sei onde habita esta tela - foi vendida numa Galeria aqui do concelho de Oeiras - mas, podes crer, que apetece mergulhar nas águas calmas da parte inferior. "Malgré" os gelos do norte! :)))

    Beijinhos, dia cheio de luz!

    ResponderEliminar
  11. Simplesmente LINDA!!

    Já focaram quase todos os pontos e, mais uma vez, Musalia faz uma descrição de cortar a respiração!! :-)

    Olhar o mundo sobre outra perspectiva;
    Ver as coisas sobre outro prisma;
    Fazer o que nunca se fez, porque não se queria, ou não se podia, ou era pouco ortodoxo;
    Para quando se chega ao fim do caminho, sabermos que podemos sempre olhar de uma maneira diferente, descobrir de novo a sua beleza, e caminharmos de novo....

    bjs

    ResponderEliminar
  12. Gui;

    No meu caso porque... não me deixaram, e aos 12 anos a pintura ficou adiada, sine die. Até que tive a coragem - ou terá sido o acaso - de fazer um desvio de 180º e entrar neste mundo fascinante.

    bjs.

    ResponderEliminar